Carrinho

Bruscamente no Verão Passado

Bruscamente no Verão Passado
-20 %
Ler
Bruscamente no Verão Passado
Day
Hour
Min
Sec
7,60€
9,50€
(com iva incluido)
(portes gratuitos)
Sem impostos: 7,60€

Com um título que se lê como um haiku, Bruscamente no Verão Passado (1958) labora no terreno de eleição do teatro: a memória. Nessa “câmara de ecos”, a história de Sebastian, de Catharine, da Sra. Venable e do Dr. Cukrowicz pulveriza-se. Quem era Sebastian? O que lhe aconteceu nessa tarde de Verão tão luminosa que “era como um grande osso branco de uma fera gigante que tivesse pegado fogo ao céu”? Na recordação dessa luz irrompem o negrume e uma pergunta: qual é, afinal, a verdade? A destreza dos diálogos e um luxuriante vocabulário de imagens e sons revelam a voracidade do desejo, a ambiguidade das personagens. E a sua solidão, que só a poesia resgata. A tradução é de Ana Luísa Amaral (1956-2022), poeta que nos deixou bruscamente, no Verão passado. O seu “olhar diagonal” não poderia ter pousado em peça mais próxima do verso de Emily Dickinson que lhe era caro: “Diz toda a Verdade mas di-la oblíqua.”

livros
Coleções TNSJ
Páginas 92
Autor Tennessee Williams
ISBN 9789897558337
Dimensões(c/a/e) 125.00 x 195.00 x 7.00
Peso 0.11kg
Data Lançamento 2022-11-24