Carrinho

na língua de meus assassinos

na língua de meus assassinos
-20 %
Ler
na língua de meus assassinos
Day
Hour
Min
Sec
3,55€
4,44€
(com iva incluido)
(portes gratuitos)
Sem impostos: 3,55€

Orfeu, próximo à superfície, ou desconfia do engodo ou não suporta a tentação de vê-la; sente Eurídice, a necessidade de tornar essa presença uma imagem, o gesto de olhá-la, agora memória. A morte da experiência faz nascer o poema. Orfeu sabe Eurídice, poesia. Se não houvesse o gesto, todo canto de Orfeu seria ela, seria vida. Poema é cultura; Poesia, natureza.
O tempo do poema é outro, é o da iminência, existe apenas enquanto intervalo. Pelo poema, encontrar outra linguagem, se não a silenciosa, Presença. É minha toda a imagem, diz o verbo.

livros
Coleções 12catorzebold
Páginas 116
Autor Caleb Benjamim
ISBN 9789897556333
Dimensões(c/a/e) 113.00 x 160.00 x 11.00
Peso 0.10kg
Data Lançamento 2021-06-15